depreciacao acelerada de maquinas e equipamentos

depreciação – depreciação acelerada. • De acordo com o artigo 312 do RIR/99 (Lei nº 3.470/58, art. 69), em relação aos bens móveis poderão ser adotados coeficientes de depreciação acelerada em função do número de horas diárias de operação. 1 turno de 8 hs – Coeficiente 1 2 turnos de 8 hs– Coeficiente 1,5

Como contabilizar depreciação. Neste artigo mostrarei como contabilizar depreciação de bens do Ativo Imobilizado. A depreciação é o modo pelo qual se contabiliza a diminuição do valor de bens do Ativo Imobilizado resultante do desgaste pelo uso, pela ação da natureza ou pela obsolescência normal.

DEPRECIAÇÃO ACELERADA. MÁQUINAS, EQUIPAMENTOS, APARELHOS E INSTRUMENTOS Pessoas jurídicas tributadas com base no lucro real terão direito à depreciação acelerada, calculada pela aplicação adicional da taxa de depreciação usualmente admitida, sem prejuízo da depreciação contábil das máquinas, equipamentos, aparelhos e instrumentos, novos, adquiridos ou objeto de contrato de

IRPJ Depreciação Acelerada de Máquinas, Equipamentos, Aparelhos e Instrumentos para 2013 Tal disposição se aplica aos bens novos, ainda a serem relacionados pelo Poder Executivo, adquiridos ou objeto de contrato de encomenda entre 16 de setembro e 31 de dezembro de 2012, e destinados ao ativo imobilizado da pessoa jurídica adquirente

Segundo a engenharia de Custos e a teoria da contabilidade, existem dois tipos básicos de métodos de depreciação: a depreciação linear e a acelerada. A diferença entre uma e outra é a agilidade com que são feitas ao longo dos anos. Métodos de depreciação. O método mais usado é o da depreciação linear. A fórmula para calculála é:

(Imposto de Renda Pessoa Jurídica) e da CSLL (Contribuição social sobre o Lucro Líquido) no próprio ano da aquisição de máquinas, equipamentos, aparelhos e instrumentos novos destinados à utilização nas atividades de pesquisa e desenvolvimento de inovação tecnológica.

c) será apurada a partir de 1o de janeiro de 2013. O total da depreciação acumulada, incluindo a contábil e a acelerada incentivada, não poderá ultrapassar o custo de aquisição do bem. A partir do período de apuração em que for atingido o limite do custo de aquisição, o valor da depreciação, registrado na contabilidade, deverá

Outra alteração diz respeito ao fato de que as empresas tributadas com base no lucro real passam a ter o direito à inclusão na depreciação acelerada, calculada pela aplicação adicional da taxa de usualmente admitida pela Receita Federal, sem que haja prejuízos para a depreciação contábil de máquinas, equipamentos, aparelhos e

DEPRECIAÇÃO ACELERADA. MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS DESTINADOS AO ATIVO IMOBILIZADO. APURAÇÃO DEPOIS DA BAIXA. IMPOSSIBILIDADE. É vedada a apuração do crédito da Contribuição para o PIS/Pasep de que trata o inciso VI do caput do art. 3 º da Lei n º 10.637, de 2002, e o § 14 do art. 3

No exemplo anterior, basta imaginar que o bem em questão será descartado depois de dez anos ou mais. Para efetuar o registro, debite R$ 10.000 na Depreciação Acumulada e credite R$ 10.000 em Equipamentos. Isso subtrai da planilha de equipamentos o valor da máquina, tirando fora a depreciação acumulada em crédito e débito.

A depreciação acelerada de que trata este item consiste na depreciação integral, no próprio ano da aquisição ou até o 4º (quarto) ano subsequente à aquisição, de máquinas, equipamentos, aparelhos e instrumentos, novos, adquiridos a partir de 31 de agosto de 2012.

Também comumente passa despercebida a possibilidade da depreciação acelerada contábil de máquinas e equipamentos. Isto ocorre muito com indústrias que, por vezes, acrescem turnos extraordinários para atender sua produção, abrangendo apenas um período do ano, por exemplo, de outubro a dezembro.

Também comumente passa despercebida a possibilidade da depreciação acelerada contábil de máquinas e equipamentos. Isto ocorre muito com indústrias que, por vezes, acrescem turnos extraordinários para atender sua produção, abrangendo apenas um período do ano, por exemplo, de outubro a dezembro.

O que é depreciação acelerada? O cálculo de depreciação baseado nas regras da Receita Federal considera uma jornada normal, de 8 horas de utilização das máquinas e equipamentos da empresa. No entanto, algumas companhias trabalham com mais de um turno e

Redução de 50% no IPI na compra de máquinas e equipamentos destinados à P&D, Depreciação e amortização acelerada desses bens. Quais são as principais vantagens em se aproveitar dos incentivos fiscais da Lei do Bem? Possibilidade de reinvestir os valores deduzidos na área de Pesquisa e Desenvolvimento, Maior competitividade no mercado,

Máquinas e Equipamentos 1.000 Móveis e Utensílios 500 Veículos 600 4.100 Depreciação Acumulada (400) 3.700 NA DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS A depreciação deve ser apropriada ao custo de produção (é um custo indireto de Aparelhos de radiodetecção e de radiossondagem (radar), aparelhos de radionavegação e aparelhos de

Entretanto, devemos imaginar também, que seu principal equipamento de produção são consequentemente, as maquinas de xerox, impressoras e equipamentos de Scanner. Imagine agora, que em um determinado momento, você percebe que seus equipamentos estão no fim de sua vida útil.

Para efeito de apuração do imposto de renda, as empresas industriais fabricantes de veículos e de autopeças terão direito à depreciação acelerada, calculada pela aplicação da taxa de depreciação usualmente admitida, multiplicada por quatro, sem prejuízo da depreciação normal das máquinas, equipamentos, aparelhos e instrumentos, novos, relacionados em regulamento, adquiridos

As empresas de desenvolvimento ou produção de bens e serviços de informática e automação que investirem em atividades de pesquisa e desenvolvimento em tecnologia da informação poderão fazer jus ao benefício da depreciação acelerada, calculada pela aplicação da taxa de depreciação usualmente admitida, multiplicada por dois, sem

Você sabe como calcular a depreciação de máquinas e equipamentos? A depreciação é a perda de valor de um bem pelo seu uso e pelo tempo. Isso quer dizer que, se você adquirir um bem, ao longo do tempo ele vai ser mais desvalorizado, assim como se utilizar o bem, também perde valor.

a) constituirá exclusão do lucro líquido para fins de determinação do lucro real e será controlada no livro fiscal de apuração do lucro real – LALUR b) será calculada antes da aplicação dos coeficientes de depreciação acelerada a que se refere o artigo 69 da Lei 3.470/1958 (depreciaçãoacelerada por turnos de uso) e

ola, faço contabilidade de um clube sem fins lucrativos e gostaria de saber se posso implementar a depreciação acelerada no setor da academia. Notamos que alguns aparelhos possuem ainda um saldo elevado residual mais os equipamentos de ginastica devem ser trocados.

Admita que determinada empresa adquirisse, no ano de 2010, um veículo de carga para o transporte de suas mercadorias e que tenha pago por ele o montante de R$ 60.000,00. Como a vida útil determinada pela legislação fiscal deste veículo é de 4 anos, teremos uma taxa de depreciação anual de 25% e ao final dos 48 meses todo o bem já

Máquinas e Equipamentos de Produção de Energia: 10% a.a. Computadores e Equipamentos de Informática: estou fazendo calculo de custos em produtos e preciso saber como devo usar a depreciação no valor da hora maquina . Gostaria de uma ajuda de como calcular essa depreciação acelerada na compra de novos equipamento de ginastica.

Depreciação Acelerada de veículos de carga, vagões, locomotivas, locotratores e tênderes. Criada pela Lei de nº. 12.788/2013, o benefício fiscal valerá somente para os veículos que foram comprados entre 1º de setembro e 31 de dezembro de 2012, cuja depreciação acelerada começará a ser calculada a partir de

A pessoa jurídica não poderá utilizarse de depreciação acelerada de que trata este subtópico, em relação ao mesmo ativo, cujo saldo ainda não depreciado será excluído para determinação do lucro real no período de apuração em que concluída a utilização de instalações fixas, aparelhos, máquinas e equipamentos, destinados a

A proposta do art. 4º da Medida Provisória nº 582/2012, publicada no D.O.U. de 21.09.2012 aplicase a depreciação acelerada de máquinas, equipamentos, aparelhos e instrumentos, novos, destinados ao ativo imobilizado da pessoa jurídica adquirente, tributada com base no lucro real, adquiridos entre 15 de setembro de 2012 e 31 de dezembro

A depreciação de um bem começa quando o item tem condições de ser utilizado e termina quando ele é deixado de lado, imobilizado ou transferido. É importante lembrar que a depreciação não para mesmo quando o ativo é retirado de operação ou se torna obsoleto, isso

Ela está também ligada à políticas controle dos equipamentos e manutenção preventiva, corretiva e outras que efetivamente forem necessárias, nos quais objetivam única e exclusivamente a diminuição dos custos de manutenção e extensão da vida útil do patrimônio.

Máquinas e Equipamentos de Produção de Energia: 10% a.a. Computadores e Equipamentos de Informática: . estou fazendo calculo de custos em produtos e preciso saber como devo usar a depreciação no valor da hora maquina . . Gostaria de uma ajuda de como calcular essa depreciação acelerada na compra de novos equipamento de ginastica.

No regime não cumulativo do PIS e da COFINS, podem ser apropriados créditos em relação aos encargos de depreciação e amortização, incorridos no mês, relativos a: máquinas, equipamentos e outros bens incorporados ao ativo imobilizado, adquiridos ou fabricados para locação a terceiros, ou para utilização na produção de bens destinados à venda ou na prestação de serviços

Depreciação é um termo muito utilizado no mundo da contabilidade e também no mundo das finanças. Tal termo está relacionado à perda de valor de alguns bens com o tempo. Neste artigo, iremos explicar mais a fundo o que é a depreciação e dar alguns exemplos de como ela funciona.